segunda-feira, 28 de maio de 2018

Hotelaria com estrelas variáveis

Nestes 10 anos viajando a trabalho pelo Brasil afora, já pegamos de tudo em hotéis.

Ganhamos um upgrade em suíte!...


… Só que não! :(


Constatamos que quarto triplo é quase sempre um quarto duplo com uma cama a mais, mesmo que não tenha espaço.


Não importa onde fica a cama, desde que seja possível dormir na horizontal, está valendo. É torcer para não ter incêndio.


Quarto sem cadeira (bem comum, aliás).


Já tivemos que trocar de quarto depois de estarmos de pijama.


Certa vez, tomei água de coco fres-qui-nha!



O pink não nos abandona nem na hora de dormir.


Agora, ter vista pro mar, mesmo que pela fresta entre os prédios, transforma o hotel-office em cinco estrelas!

quinta-feira, 17 de maio de 2018

10 anos de comunicação visual

10 anos, dois logotipos, três comunicações visuais, quatro crachás. E muito, muito amor no peito.

A foto dos crachás foi enviada pela Juliana Freire, que começou como voluntária do CineMaterna em 2010, foi coordenadora de cinemas da zona leste paulistana, foi para a matriz para cuidar de logística e hoje cuida das finanças da entidade.


Juliana, à esquerda, com Tatiana Storni,
que se tornaram BFFs no CineMaterna,
mais conhecidas como a dupla Tica e Teca

sábado, 5 de maio de 2018

Sincronia decimal

Serendipity é uma palavra em inglês que significa uma feliz descoberta ao acaso, ou a sorte de encontrar algo precioso onde não estávamos procurando.

Para celebrar os 10 anos, contratamos um freelancer que já tinha trabalhado com nossa comunicação visual, para elaborar conteúdo para mídias sociais. A primeira proposta que veio para aprovação foi essa:


Na hora em que abri o arquivo, fiquei chocada com a sincronicidade. Esta mãe da foto é a Alexandra Swerts, uma das fundadoras do CineMaterna. A Alê saiu do CineMaterna no quarto ano, em triste circunstância. Como foi que justamente esta imagem a escolhida entre as mais de 300 que temos em nosso arquivo, no primeiro material desta comemoração de 10 anos?

Passei dois dias olhando pra imagem sem saber o que fazer, o que pensar. Até que escrevi pra Alê e mandei a imagem. A resposta dela:

Cai para trás também 🤗. Mas fiquei feliz com a conexão! Bom, orgulho de ter feito parte dessa história e ter isso registrado. Gostaria que a foto fosse usada, honrando o que fizemos e as nossas crenças naquele momento, principalmente por ilustrar o vínculo, o sling... Gratidão, Irene, por conectar.  💜

Então, é isso, o universo está nos presenteando pelos 10 anos. Serendipity!