sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Quando a diversão é séria

Ainda hoje me perguntam se faço algo "além de CineMaterna". Respondo - nem sempre em alto e bom som, depende do contexto - que não é tão simples organizar mais de 100 sessões de cinema por mês em quase 50 cidades diferentes, gerenciando quase 400 voluntárias.

Além de mim, mais oito mulheres pensam, agem e respiram CineMaterna todos os dias da semana. Formamos o que chamamos de "matriz" da organização. Parênteses: "matriz" vem do latim matrix, que significa mãe, útero. O sufixo "ix" implica em um sujeito de gênero feminino. Um dos significados de matriz no dicionário é "lugar onde alguma coisa se gera ou cria". Nem lembro quando  começamos a chamar a matriz desta forma e foi sem nenhum estudo de etimologia da palavra. As coisas boas de usar a "inspiração instintiva". Fecha parênteses.

Este ano, trocamos a nossa confraternização por um dia de muito trabalho e reflexão conjunta. Fizemos um planejamento para o próximo ano, trocando, criando e opinando. No fim, o resultado foram post-its e folhas de flipchart recheadas de palavras e ideias que queremos implementar ao longo dos anos. Sim, anoS, no plural, porque foram tantas as ideias que faltam pessoas e recursos para implementar tudo.

Então, para quem pergunta, eis a reposta: além de CineMaterna, cuidamos de mães, voluntárias, patrocinadores, apoiadores. Sem contar os filhos, o marido, e, claro, ir ao cinema.

Criação individual antes de compartilhar no grupo 
Bolinhas para votação
(teve gente querendo roubar bolinhas para votar mais vezes)
Por mais que rodemos, sempre voltamos nelas, as MÃES,
nossa razão de existência, sem demagogia
À noite, saímos para relaxar um pouco.
Estendemos o vale-day para um vale-night! ;)