segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Já acabou?

Passou voando, em velocidade supersônica. Não sei se é porque em 2015 fizemos um evento de lançamento do CineMaterna a cada duas semanas, em média. Ou porque recebemos 45 mil adultos e quase 27 mil bebês no ano. Ou talvez porque crescemos 11% em número de sessões e 40% em público em relação a 2014.

Final de ano, estamos todas cansadas no CineMaterna, mas muito, muito felizes. Trabalhamos como nunca, ao dobro do ritmo usual. E falhamos pouco. Sim, claro que erramos em alguns momentos. Produzimos mais e com a mesma quantidade de pessoas. Criamos metodologia, nos organizamos, erramos, aprendemos e corrigimos, mantivemos a comunicação aberta e chegamos ao final do ano satisfeitas. Nosso mais profundo agradecimento à equipe de 300 voluntárias no Brasil, que fazem o CineMaterna acontecer nos cinemas.

Neste ano tão difícil econômica, política e ambientalmente, conseguimos cumprir nosso papel de acolher as mães recém-nascidas com todo o carinho que elas merecem, ampliando nossa atuação.

Minha resposta à pergunta "você imaginava que o CineMaterna tomaria conta da sua vida profissional" continua sendo a mesma: não, nem em sonho! Melhor é a realidade: trabalhamos no que acreditamos, de forma prazerosa e divertida, e somos recompensadas com agradecimentos, sorrisos e a alegria de saber que fazemos diferença.

Então, para 2016 ficamos com o desafio de seguir na mesma sintonia e crescer para além das 40 cidades em que estamos presentes. Com carinho, amor e cuidado.

Arte feita pela Carol Troque, nossa super designer!

Nenhum comentário:

Postar um comentário