sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Os geeks também se emocionam

Declaração do Lucas Bertoni, nosso geekmaster-do-website, sobre seu amor pelo CineMaterna.

Lucas Bertoni, em um momento pink,
no lançamento do CineMaterna em sua
cidade, São José do Rio Preto (SP)
Dia 13 de fevereiro de 2012, pela manhã, em um escritório na Av. Paulista [São Paulo], foi quando conheci essas duas pessoas, uma pequenina e outra mais elevada, na primeira reunião sobre nosso novo projeto CineMaterna.

Logo de cara a gente já fica surpreso pela originalidade e simplicidade desse projeto, mas também é assustador seu potencial de crescimento. Eu já vi coisas crescerem rápido demais, sem a estrutura necessária, e darem muito errado por conta disto.

Entre um dos fatores que, humildemente, julgo de sucesso, foi esta mentalidade, a de saber que era preciso se preparar para lidar com o gelo todo desde o primeiro momento em que foi avistada a ponta do iceberg. Isso é raro, me deparei com duas pessoas descrevendo a necessidade de organizar fraldas, pomadas antiassadura etc., totalmente inédito para mim.

Mas até então, tudo bem, mais um cliente, meio diferente sim, mas um cliente... até que ao final da reunião foi descrita uma perseguição automotiva a um caminhão rosa, em plena luz do dia, no meio de São Paulo, trânsito caótico e tudo o mais, devidamente documentada! (http://cinematerna.blogspot.com.br/2012/02/perseguicao-rosa.html)

Nisso já pensei, poxa essas meninas são legais!

O turning point foi na despedida, onde houve uma sessão de fotos na porta de saída, o tema: guarda-chuvas coloridos, era um dia chuviscoso, e estávamos em uma agência de design (onde todo mundo compete por ser o mais maluco beleza possível), fotos e mais fotos...

Os guarda-chuvas fotografados na agência

Isso me vez pensar, rolou aquele estalo, pela primeira vez vi pessoas tão apaixonadas por uma causa, uma energia tão boa, sorrisos, felicidade, propósito. Percebi logo de cara que não havia nada de capitalista, negativo, a intenção era pura, mudar a vida das pessoas e eu imediatamente quis isso para mim também, quis fazer parte.

Nesse dia elas me conquistaram, desse dia em diante minha vida mudou, costumo pensar que somos a soma infinitesimal de tudo de bom e de ruim que nos acontece, e nestes mais de fios anos, dia após dia, o CineMaterna fez parte da porção boa da minha somatória.

Até hoje elas continuam nos contagiando, e cada vez mais, Brasil afora.

Taís, Irene, obrigado por serem estas pessoas maravilhosas e obstinadas que são, parabéns pela coragem, pelos desafios vencidos, pelas pessoas que vocês conquistaram e por tudo que ainda vão realizar.

Agradeço de coração a todos os envolvidos, eu fico muito, muito feliz de fazer parte disto tudo!

Lucas, ter um geek para chamar de nosso já é o supra-sumo-do-máximo. Quando esse geek escreve uma declaração dessas, é de se derreter de amores! Um amor pink, profundo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário