sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Gosto por bonecas

Certo dia (há uns três anos), conversando com a Taís Viana, ela me descrevia o pior filme que já assistiu no cinema. Contava como era ruim, da tortura que foi assisti-lo, e ria, comentando como alguém poderia achar "aquilo" bom. Ao chegar na descrição de determinada cena, reconheci o filme: é um dos mais belos que já vi. Gostei tanto que comprei o DVD, algo que raramente faço.

Vira e mexe recebemos um e-mail de público reclamando de um filme. Peço, então, que se lembrem deste singelo texto que pontua que, definitivamente, gosto não se discute. Por isso, fazemos enquete e não, não é meu gosto que prevalece, mas sim, o voto das mães cadastradas.

Ficou curioso para saber que filme é? Chama-se Dolls, do diretor japonês Takeshi Kitano, entre os meus favoritos.

Taís tirou tanto sarro do filme, que fiquei com vergonha de dizer que é um dos meus preferidos. Só vai saber se ler este post, porque eu não vou confessar, não. 





Fotos: divulgação do filme Dolls

Nenhum comentário:

Postar um comentário