sexta-feira, 14 de junho de 2013

Disfarçado de banner

História hi-lá-ria de Brasília, contada pela Fernanda Valentim, coordenadora da cidade:

Um casal levou seu bebê para a sessão. O pai havia ligado para o chefe no trabalho e dito que tinhas umas coisas para resolver com o bebê. Ao chegar na sala da sessão deu de cara um amigo próximo do chefe. Ficou em pânico, procurou nossa coordenadora e disse "me ajuda, aquele ali é amigão do chefe, ele vai me ver e vai contar que eu estou na sessão, matando trabalho". Nossa coordenadora riu e falou "só se eu te esconder dentro do saco do banner!".

Sim, cabe uma pessoa dentro do nosso
porta-banner pink!

Nenhum comentário:

Postar um comentário