quarta-feira, 21 de março de 2012

Vocês trabalham?

Muitas vezes já me deparei com alguém perguntando: "mas... você trabalha?" Pensando melhor sobre o assunto, cheguei à conclusão de que a resposta mais precisa é "Depende".

Depende. Se você acha que trabalho é uma invenção demoníaca para acabar com seu bom humor e que sua vida "de verdade" só acontece fora do tradicional segunda-a-sexta-oito-às-seis, você tem razão, eu não trabalho.

E depende. Se você acha que o trabalho pode ser uma das suas melhores expressões, algo que dá profundo prazer em realizar, mesmo que às vezes demande muitas horas, estresse e canse pra dedéu, bem, nesse caso, ainda bem, eu trabalho sim. E como!

Eu, Taís, trabalhando (ou não)
num lançamento CineMaterna
Foto: Karin Michels

3 comentários:

  1. Ótimo post!!!!!
    Eu sou Guia de Turismo e, vira e mexe algum passageiro me pergunta: Você trabalha ou só guia os turistas?
    Rs. Eu trabalho sim, mas como em tudo na minha vida, trabalho com alegria.
    Bjokas a vcs todas que fazem do seu trabalho o cinema para nós, mamães, bebês e papais!
    Andrea e Lara

    ResponderExcluir
  2. Irene, acho que este tipo de pergunta se refere mais ao retorno financeiro do que ao "trabalho" própriamente dito. Porque quem participa de uma seção do Cinematerna, ou acompanha o blog logo vê que é uma trabalheira mesmo!!

    Mas deixa eu contar uma coisa. Eu fui à primeira seção aqui em Florianópolis, quando minha segundinha tinha 4 meses, e fomos a todas as seguintes naquele ano. Quando voltei a trabalhar, em janeiro, não pude mais ir às seções de terça-feira, mas consegui pegar algumas de sábado, e sempre fui com uma emoçãozinha, como se estivesse revivendo algo da infância, não sei como explicar. Mas na verdade estava revivendo mesmo, né, algo da primeiríssima infancia da Isabela. Depois em um ano inteiro trabalhando 8 horas por dia num escritório, deixando minhas duas meninas na escola em período integral, tomei a importante decisão de trabalhar em casa, como autônoma. Trabalho menos, ganho menos, me ocupo por menos horas, mas fico todas as manhã com elas. É maravilhoso, e sinto que elas gostam muito tb. E, como não tenho mais horários rigidos para cumprir, me vi feliz de poder retornar às boas vibrações do Cinematerna!!! Mas qual não foi minha surpresa ao me "lembrar" que a Isabela já tem 1 ano e 10 meses, e já venceu há temposss!!!! :c(
    Pensei em ir sem criança mesmo! Mas aí lembrei que assim, posso ir em qualquer seção de cinema, na hora que quiser, né.... Maaaas, nunca será a mesma coisa que uma seção com cheirinho de bebê! Saudades!

    ResponderExcluir
  3. Oi Babi, que lindo o que você escreveu! Obrigada por compartilhar! Esses filhos mudam nossa percepção para sempre, né? É muito bom "enlouquecer" com eles!

    Beijo grande
    Irene

    ResponderExcluir