terça-feira, 29 de novembro de 2011

Paixão por caixa eletrônico

Gláucia Colebrusco, que está atualmente em licença maternidade, é responsável, entre outras atividades, pelo pagamento das ajudas de custo de nossas voluntárias. Semanalmente são diversos depósitos realizados em caixas eletrônicos de diferentes bancos, num ritual logístico bastante complexo. Antes da licença, em qualquer lugar que estivesse, observava onde havia caixas eletrônicos e de quais bancos.

- Acho que você treme de abstinência de não fizer um depósito, brincávamos nós.

Alexandra Swerts é nossa assessora de imprensa e está com a parte dos depósitos. Outro dia passou em minha casa para irmos juntas ao aeroporto. Arrumamos a bagagem em seu carro e me perguntou se daria tempo de ir a pé a um caixa eletrônico a uma quadra de casa. Detalhe: eram 6 horas da manhã e ela estava falando sério.

Do Rio, Alexandra envia esta mensagem a Gláucia:

- Não vou te devolver esta função. Estou viciada em caixas eletrônicos.

- Nããão! Vou entrar em depressão pós-parto!, respondeu Gláucia, brincando. 

Sabe aqueles adesivos de família que as pessoas põem na traseira do carro? Vou mandar confeccionar um com desenho de caixa eletrônico para as duas!

Gláucia à esquerda, ainda de barrigão, e Alexandra com Jonas
Foto: Karin Michels

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Explorando novas regiões

Zona norte do Rio, lançamento de nova sala. Depois de dois anos e meio com sessões em terras cariocas nas zonas sul e oeste, estava na hora de desbravar outra região da cidade.

Convidamos para ser coordenadora a Renata Firmo, que integra a equipe desde o lançamento do CineMaterna no Rio, já teve seu segundo filho, saiu de licença e retornou este ano. Animada, engajada, sempre de bom humor e com um sorriso no rosto.

Aceitou o convite imediatamente e virou embaixatriz do CineMaterna, ainda mais empolgada do que já era. Na véspera do lançamento panfletou em dois shoppings! Olha o sapato que ela comprou especialmente para o evento:

Sapato de porta-bandeira CineMaterna! 

Chegamos à Cidade Maravilhosa e fomos direto para a UCI do Norte Shopping. Ao conhecer nossa equipe, soubemos que Rachel, uma das coordenadoras, foi ao lançamento do CineMaterna em Botafogo, nossa primeira filial fora de São Paulo. Gratificante saber que deixamos boas recordações a ponto de voltar e integrar a equipe.

A partir da esquerda: Mariza, Bianca, Taís, Alexandra
eu, Eliane, Renata, Luciana e Rachel, a primeira 

Ao meio-dia avistamos mães buscando informações no cinema. A equipe rosa interrompeu o almoço e foi  conversar com elas. O grupo de amigas queria reservar seu ingresso na sessão.



A chegada ao cinema foi um evento à parte. Mães e bebês felizes, alguns pais, tias e avós acompanhando. 

Totalmente pink CineMaterna
Não tinha como não reparar no carinho
com que este pai segurava sua pequenina
O grupo de amigas que abordamos no almoço
Pose de família

Dentro da sala, antes e durante o filme, tranquilidade e diversão para bebês de todas as idades!

"Dou um, mas o resto é meu."
"Com outra menina, topo dividir."
"Como é que funciona isso?"
Todos aos seus lugares que o filme começou!
Melhor forma de desfrutar
do CineMaterna
Estacionamento de carrinhos saindo da sala
Sala aconchegante
Turma CineMaterna em seu momento de descanso

Ao final, Waglene, gerente do cinema, nos agradeceu com a voz embargada, por levar um público tão alto astral aquele cinema. Ficamos emocionadas com sua comoção, de olhos marejados. Foi o final feliz que precisávamos para encerrar o lançamento.


Igor e Waglene, gerentes, ao centro, de camisa branca,
rodeados de moças pink

Mais fotos do lançamento aqui.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Maringá, Maringá...

Você sabia que Maringá é uma cidade recente, fundada em 1947? Bastante arborizada, ótima qualidade de vida, foi a 16a cidade a receber o CineMaterna. Quem patrocinou o lançamento foi o Shopping Maringá Park e a PB Kids local.

Como toda viagem para estreia, a diversão começa no aeroporto. São caixas e mais caixas, de diversos tamanhos. Taís nos apelidou de "caixeiras viajantes".

Caixas para fechar no aeroporto
Comprovantes de bagagem. Muitos, não? 
Pois no verso tinham mais!
Eram 12 no total
É, não começou bem. 
Trocador na esteira, chegando ao destino

Chamou minha atenção em Maringá: a terra muito vermelha e a grande quantidade de rotatórias, destas que ficam entre cruzamentos de ruas. Se parece estranho meu comentário, veja o mapa da região central da cidade. Os pontos rosa são rotatórias. Tem de todos os tamanhos. Se você enjoa no carro, é melhor não correr.

Tão impressionada que me dei ao trabalho
de marcar em rosa algumas das inúmeras rotatórias

Lançamentos são sempre especiais, ainda mais em nova cidade. É uma delícia receber mães, bebês e seus acompanhantes, ávidos para ir ao cinema e participar desta experiência inusitada. As imagens falam melhor que quaisquer palavras. 

Neste caso, o café foi ANTES da sessão
Olha que gracinha os pães de mel, presente da PB Kids
Bebê dançarina pedindo pipoca
Entrevista fora...
... e dentro da sala
Usufruindo os trocadores
Dose dupla!
Com papai também I
Com papai também II
Marília Mercer e sua filha Laís vieram de Londrina,
que fica a uma hora e meia de Maringá 
Isso é que é relaxar!
Assistir em pé é parte do programa
Assim como assistir dos degraus da escada

Programinha bom, esse!

Clara é integrante da equipe,
filha da Riane
Taís e Pati, na frente do cartaz do filme do lançamento,
bancando Justin Timberlake e Mila Kunis

Mais fotos aqui.

Se você é de Maringá e região, quer ter uma tarde diferente e especial junto de seu bebê, vá ao CineMaterna nesta semana! Nossa equipe estará lá para receber vocês.

Equipe de Maringá (a partir da esq.): Pati, Riane, Giovana e Fernanda

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Canecas reveladoras

Outro dia estava trabalhando na casa da Taís Viana, quando decidimos tomar um café. Ela trouxe duas canecas, uma para mim e outra para ela. Adivinhe qual era a dela e qual era a minha?


Dica: Taís é geek que adora café. E eu? Cinéfila inveterada e incorrigível.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Tropa de Leite

Este é o Diego, filho da Simone, cinéfilo-mirim. Usa camisetas de seus filmes preferidos, no caso, "Tropa de Leite". Está aí um bebê que gosta de filme "da pesada"!


quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Nome de guerra

Tenho um codinome de cinéfila: Erem. Quando éramos apenas mães-guerrilheiras-invasoras-de-cinemas fazíamos nosso bate-papo no Starbucks, que funciona assim: ao pedir um café, o atendente pergunta seu nome e o escreve no copo. Meu nome, apesar de não ser tão difícil, recebia várias grafias. A mais engraçada foi EREM.

Fiquei conhecida como Erem pelas mães que estavam no café neste dia, que não pouparam esforços para espalhar a notícia. Até hoje algumas amigas me chamam assim.

Pena que não tirei foto do copo deste dia, mas para ilustrar, deixo outra forma criativa de escrever meu nome.

Ireny. Genial!

Sorriso de exclamação

Temos uma equipe de mais de 100 coordenadoras de sessão voluntárias, que fazem o CineMaterna acontecer nos cinemas e recebem o público com carinho. Se você já foi a alguma sessão, certamente cruzou com uma delas.

Vira e mexe precisamos recrutar novas coordenadoras. Normalmente supervisiono a tarefa, quem seleciona as candidatas no estado de São Paulo é a Gláucia Colebrusco. Como ela está em licença-maternidade, estou substituindo-a.

Precisávamos de equipe em São Paulo para três salas e em Campinas. As confusões que fiz para uma tarefa que parecia simples me fizeram reconhecer que ando sobrecarregada.

Primeiro, mandei uma candidata de São Paulo para a responsável por Campinas, Marô Camargo. Depois marquei quatro entrevistas, quando precisava de apenas duas pessoas. Para completar, enviei um e-mail perguntando do interesse de trabalhar conosco a uma pessoa que já é da equipe - que vergonha.

Mas não foram só trapalhadas, teve momento mágico. Izabella Loyola e sua filha Alice são veteranas de CineMaterna. Inclusive, ilustram a home page do nosso site. Alice "venceu" e Izabella não conseguia deixar de frequentar as sessões. Veio conversar conosco, disse que não estava pronta para nos deixar. O que ela não sabe é que nós nunca estamos preparadas para este momento e sempre é dolorido. Só não sofremos mais porque a cada dia temos a alegria de receber novas famílias.

Izabella em primeiro plano, com Alice dormindo na sessão

Quando soltei o anúncio de "procura-se", recebi radiante o e-mail da Izabella candidatando-se. Eis a resposta dela à minha aprovação imediata:

PODE CONTAR COMIGO!!!!!!!!!!!!!!!!! Quando começo?! Tem "treinamento"?! Rsrs. Ai que felicidade!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Obrigada!!!!!!! 

Foi uma das respostas mais empolgadas que já recebi. Ao ler sua mensagem, minha alegria foi proporcional à quantidade de pontos de exclamação. Tem como não ficar feliz em trabalhar com alguém com esse sorriso?

Foto: Karin Michels

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Vai nascer?

Recebi de um amigo folhetos de divulgação do VI CineMube Vitrine Independente, festival que tem por objetivo descobrir novos talentos premiando projetos de curtas e médias-metragens.

Verso do folheto - Clique para ampliar

Achei muito criativa a chamada do folheto "Prepare-se para Nascer" e a imagem de cineastas famosos com um rolo de filme na barriga, como se estivessem grávidos. Reconhece quem são os diretores?




Em vermelho, Alfred Hitchcock. Em azul, Woody Allen. E o terceiro? Descobriu? O mais difícil: Martin Scorcese.

Fazer um curta-metragem é uma forma de aprender o ofício da direção. Todos dirigiram curtas no início de suas carreiras, mas curiosamente, Woody Allen fez dois longas-metragens antes de seu primeiro curta. Já começou sua prolífica carreira de forma intensa.

Ah, ainda está em tempo. Inscrições para o prêmio até 10 de novembro!

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Famiglia

Em junho deste ano viajei em férias com a família. Fomos a uma loja, Ikea, que vende móveis e outros artigos para a casa. Ao chegar ao estacionamento, uma placa me atraiu a atenção: indicava uma área para "famiglie". Fiquei curiosa e fomos até o local conferir.


Tratavam-se vagas de estacionamento mais largas que o habitual, para que os carros pudessem ter suas portas totalmente abertas, facilitando a retirada das crianças.



Nosso carro alugado e a vaga em pleno uso!

E não parava por aí. Logo na entrada da loja, um banheiro-família.

Pia e privada para criança

Lado a lado

Assento para deixar a criança enquanto o adulto usa o banheiro

Trocador nos banheiros feminino e masculino

A loja é de origem sueca, um paraíso para comprar itens domésticos, de móveis a acessórios, passando por brinquedos. Tem uma área de recreação para deixar as crianças, mas se você não quiser deixá-las ou se forem muito pequenas, há na parte de móveis infantis vários brinquedos à disposição.



E foi assim que meus pequenos passaram quase duas horas se distraindo enquanto os pais se revezavam para conhecerem a loja.

Adorei tanto que saí de lá sonhando com vagas familiares nos shoppings onde tem CineMaterna!