quinta-feira, 31 de março de 2011

Ficou para trás

Sexta à tarde, reunião para separar materiais para cinco eventos que teríamos em sequência. Entre eles, um banner de "autorização de uso de imagem", que agilizamos para ficar pronto em tempo de ser usado no dia seguinte em Campinas (SP).

Dia seguinte cedo, pego tudo que foi separado, inclusive o banner. Olho para ele e penso: "ah, este é para segunda-feira, não precisa hoje!". Chegando em Campinas, uma hora e meia de viagem depois, a Alexandra me pergunta: "cadê o banner?". Xiiii, deixei em casa, confundi os eventos. Pequeno pânico, não dá tempo de voltar! Tem uma gráfica rápida, reimprimimos, desta vez em papel, para colar na parede, como um cartaz.

Dois eventos depois, vamos a Brasília e resolvo levar o cartaz de papel, porque depois, é só jogar fora, não precisa trazer de volta. Estávamos montando a sala de cinema em Brasília, quando me dou conta de que o cartaz sumiu em algum momento da viagem. Era para ser bagagem de mão, já que era de papel, mas depois do check-in, não lembro mais dele. Perdemos em algum lugar. Rastreamos na memória e desconfiamos que ficou no local onde pegamos nosso café, no saguão do aeroporto. Quando chegamos em São Paulo, voltamos ao lugar, e não é que estava lá, bonitinho? Tomou café o dia inteiro!

21h30, Aeroporto de Congonhas,
o resgate do cartaz!

terça-feira, 29 de março de 2011

Maratona

Hoje tem lançamento do CineMaterna no Iguatemi Brasília:

- É o terceiro lançamento em oito dias, sendo que são em duas cidades diferentes

- Nos lançamentos em São Paulo (Shoppings Iguatemi e Pátio Higienópolis), recebemos mais de 200 adultos e 150 bebês

- Em 11 dias teremos ido a sete sessões diferentes. De segunda, 21/03, passando por terça, quinta, sábado, segunda, terça e finalmente, quinta, 31/03. Haja camiseta rosa!

domingo, 27 de março de 2011

Brincadeirinha publicitária

O Shopping Center Iguatemi Campinas nos cedeu espaços publicitários como este que você vê abaixo:


Além de ser importante na divulgação da nossa parceria, é emocionante ver nossa publicidade por aí, as pessoas passando e olhando aquilo que fazemos com tanto carinho.

E como você sabe, a gente adora uma brincadeirinha... Para guardar de recordação deste momento.

Eric: "Tive uma ideia para melhorar este cartaz!"
"Ei  gente, olha aqui!
"Ops, rolei pro lado!"
"Vem ler o cartaz, vem!"
"Eu tenho cinco meses e vou ao cinema.
Você ainda não foi? Não acredito!"
As tias da "produção"!

sexta-feira, 25 de março de 2011

Sessão Rossi Residencial

Quem casa, quer casa. E quem tem filhos, quer uma casa maior! Pensando nisso, a Rossi Residencial tem patrocinado algumas sessões que são para lá de especiais! Sábado passado foi a vez de Campinas.

Mamães e papais com bebês ganharam ingressos, recepcionados por dois lindos sorrisos...

Alexandra e Vivi
... ganharam pão-de-queijo e suco de café da manhã, foto na entrada da sala...
 


... local de brincar na frente da tela...



... e lembrança na saída!


Acham que foi fácil preparar tudo isso?

Emerson e Taís, na labuta
Tirando o carrinho para deixar a sala pronta para a próxima sessão
É uma palhaça... rs

Tudo isso, organizado por esta equipe e mais um monte de gente que não coube na foto.

A partir da esquerda: Emerson, Luciana, Quel, Alexandra, Vivi, eu, Taís e Gláucia

Na sua cidade não teve? Calma, que o ano mal começou e ainda tem muitas promoções pela frente!

quarta-feira, 23 de março de 2011

Vistorias

Uma etapa muito importante do lançamento de uma nova sala é a vistoria. É quando visitamos uma sala em um horário em que o cinema ainda está fechado e verificamos se as salas têm escadas, lugar para colocar tapete EVA, onde colocar trocadores, ajustes de luz e som, estacionamento de carrinhos, entre outros itens. E eu tiro fotos de todas as salas, para usar como fonte de consulta futura.

Já estamos bastante acostumadas: em uma semana, fizemos vistoria em cinco salas, em duas cidades diferentes. Três das salas eram em São Paulo, sendo que duas foram no mesmo dia. A gente aproveita e se diverte também - como você já deve ter notado que não é incomum...

Mal chegamos no Shopping Pátio Higienópolis e notamos a vaga de gestante, rosa, cuja foto já publiquei em outro post.

Gláucia, a nossa gestante da vez!
No elevador, notei que na bolsa da Gláucia tinha pousado uma borboleta. Ah, certamente isso é indicativo de boa sorte!

 

As meninas resolveram que tínhamos que ir de rosa, com a camiseta. Quanto mais rosa, melhor! Seríamos a "trupe da vistoria cor-de-rosa". Ou a "trupe cor-de-rosa de vistoria"?

No corredor da Cinemark

Eu burlei a regra e fui de saia rosa, sem a camiseta. Sou rebelde!

Sim, este é um ângulo importante!

Dali, partimos para o Shopping Bourbon Pompeia, no Espaço Unibanco. Começamos pela sala VIP. Já foi lá ? É maravilhosa! Dá uma espiada!

Começa que tem um bar no fundo da sala, para usar em eventos

Ainda no fundo da sala, tem um sofazão
E estas são as poltronas
É, dá para fazer massagem!
Momento piadinha

Nós trabalhamos, sim, mas resolvemos nos divertir ao mesmo tempo, fazendo uma série de fotos, digamos, conceituais, hehehe.


Fila rosa
Sem comentários...
Olha os barrigudos!
Este é um lindo painel que tem no final do corredor.
Fiz uma montagem com as meninas...

E para finalizar, um almoço que ninguém é de ferro! Sim, tudo isso foi feito antes do almoço.

Grávida precisa se alimentar bem: filé de brontosauro!

segunda-feira, 21 de março de 2011

Vida glamourosa

Estava com um grupo de amigas, mães de filhos entre 2 e 3 anos, que aliás, são os "fundadores" do CineMaterna. Nossa conversa girava sobre como levar nossos filhos ao banheiro quando estamos fora de casa, qual a melhor forma de fazer a higiene, a diferença de preocupações entre meninos e meninas, se coloca para fazer xixi sentado ou em pé. Até que o assunto chegou na constatação de como é ruim colocá-los para fazer cocô em banheiros públicos.

Mãe 1: Aprendi um truque. Coloca um quadradinho de papel higiênico na água e daí, quando o cocô cai, não espirra!
Mãe 2:  Puxa, que grande ideia!
Mãe 3: Adorei, vou adotar!
Mãe 1: Aprendi com uma amiga e dá super-certo!

O diálogo caminhava realmente animado, quando um pai, observando a interação, disse: "Mulher quando vira mãe, abre mão de todo o glamour!". 

E tem coisa melhor que curtir os momentos sem glamour, em nome destas criaturas que chamamos de fihos?

domingo, 20 de março de 2011

A Garota de Rosa Choque

Gláucia está se preparando para ser menos rosa: está grávida de um menino-moleque, como diz Helena, a irmã mais velha. Mas é claro que ela continuará uma CineMaterna pink, pois é seu vício!


Gláucia e sua varinha de condão

sexta-feira, 18 de março de 2011

Quem cedo madruga...

Meninas!!!
Hoje estou muito feliz!
Faz exatamente 1 ano que eu e o João Bernardo frequentamos as sessões do Cinematerna!!
É tão engraçado lembrar de tanta coisa bacana que aconteceu nesse período!
Ele tinha apenas 3 meses na primeira sessão.
No começo ele ficava quietinho mamando e dormindo e eu assistia os filmes inteiros.
Aos poucos, ele foi crescendo e fui perdendo algumas partes dos filmes, mas ganhando novas gracinhas do pequeno, que sentou, papou, engatinhou e descobriu muitas habilidades naqueles tapetinhos de EVA, além de fazer inúmeras amizades!
Hoje em dia, o pequeno não para 1 minuto!
Corre por entre as poltronas, pega as pipocas do chão, brinca com os amiguinhos, porém a mamãe aqui já consegue assistir ao filme e olhar a cria ao mesmo tempo, de um jeito que só as mães mesmo conseguem!
Obrigada por todo o carinho que tive de vocês durante esse ano!
Foi muito bom para nós esse convívio!
Curtimos de verdade cada sessão e cada bate papo!
Adoramos todas as pessoas que conhecemos e que vamos guardar para sempre na memória!
Muitos beijos e Abraços,
Thalita e João Bernardo


Esta foi a primeira mensagem que li (emocionada) hoje pela manhã. Quero acordar assim todos os dias!...

Me lembro da primeira vez que vi Thalita e João Bernardo. Foi no VillaLobos (SP), quando tínhamos acabado de lançar as sessões naquele shopping. Ela ainda estava um pouco insegura de sair com seu pitoco, mas estava feliz por estar lá. De repente, mostrou a que veio: passou a frequentar sessões duas (ou três) vezes por semana, virou um mulherão, de salto, maquiagem, roupa bonita, inclusive no João Pedro. Sempre de bom humor, não esmoreceu nem no dia que levou um susto, com o João Bernardo que se mostrou doente na sessão e ela teve que ir embora.
 Thalita e JB, a recíproca é verdadeira. Nós adoramos vocês também!!!

Obs: no blog dela tem a lista de todos os filmes que eles assistiram juntos no CineMaterna...

quinta-feira, 17 de março de 2011

Aumentando...

Estamos com algumas avós trabalhando no CineMaterna. Não é o máximo? São avós de bebês cinéfilos, fãs do CineMaterna, que se ofereceram para estar nas equipes. Sandra é uma delas. Ela é mãe de Tati e avó de Giovana, na foto abaixo.


Tati demorou um bocado para engravidar. Três anos de tentativa, três inseminações e finalmente engravidou... naturalmente! Veio Giovana, que está com um ano. Tati está grávida novamente. Naturalmente. De gemêos! Meninas! Ela tinha acabado de descobrir o sexo dos bebês no dia em que a foto foi tirada, na nossa conversa com Sandra, imediatamente admitida na equipe de Porto Alegre.

Aumentamos a equipe e em breve, teremos aumentado o público também! Parabéns em dose dupla, Tati! Bem vinda, Sandra!

terça-feira, 15 de março de 2011

Os cinco sentidos maternos

Visão: os filhos
Tato: a pele dos filhos
Olfato: o cheiro dos filhos
Audição: a risada dos filhos
Paladar: brigadeiro de festa de criança!

domingo, 13 de março de 2011

Rasteirinha


Esta é a Ana Lúcia, coordenadora de Porto Alegre. Gaúcha, mãe de duas meninas pequenas de menos de 2 anos, morava na França e recém estava de volta à sua terra natal quando nos enviou e-mail interessada em  ingressar na equipe. Claro que sim, Ana!

Fui à Porto Alegre há duas semanas para viagem pessoal e aproveitei para ir à sessão. Eis que a encontro, sorridente e meiga como sempre, com um toque especial no seu "uniforme": um chinelinho pink. Última moda em Paris, hehehe.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Novas amizades no cinema

Quem escreveu essa foi a Bruna, coordenadora da cidade de Santos:
Janaína e Jucymara subiram juntas o elevador do shopping e sem ainda se conhecerem começaram a trocar figurinhas sobre o CineMaterna, que era destino das duas, e também sobre slings.

Após a sessão, as duas e a Carol, sentaram juntas e foram elas que ficaram no bate-papo do cinema durante um tempão. Pareciam amigas de longa data. Era a primeira sessão das três (ou melhor, dos seis!) e os bebês têm praticamente o mesmo tempo. Trocamos e-mails e já começamos uma lista de conversa, trocando figurinhas sobre a maternagem, por iniciativa delas mesmas.
Eu senti que realmente a sessão cumpriu seu papel, sabe? De incluir essa mãe no meio social e de entretenimento, compartilhando esse momento tão especial, mas que às vezes nos faz sentir muito sozinhas. Segue foto das três e seus bebês.

(Obs emocionado: é muito bom fazer parte desse projeto!)
E é muito bom ter a sorte de encontrar gente como a Bruna, atenta aos pequenos detalhes que fazem a diferença.

domingo, 6 de março de 2011

Fim de filme

Acabou o filme, acenderam-se as luzes e lá estava ela, bonitinha...

"O filme estava meio chato e resolvi tirar um cochilo..."

sexta-feira, 4 de março de 2011

Material de trabalho



Mais um equipamento divertido! Este estranho regador - ou bolsa rosa pink - vai ser útil em nossas sessões, onde temos plantação de bebês. Quer apostar quanto que a Anne Geddes tem um desses?

Gláucia testando o acessório

quarta-feira, 2 de março de 2011

Incêndios

O que faz com que gostemos de um filme? Algumas pessoas têm um olhar técnico, outros são movidos por pura emoção. O que nos emociona é algo muito particular, talvez nem seja possível saber ao certo. Pode ser a identificação com o tema do filme. Pode ser uma narrativa bem construída. Pode ser o gênero. Podem ser os efeitos especiais. Podem ser as atuações. Provavelmente é um pouco de cada coisa.

A imensa maioria dos filmes a gente gosta ou não gosta, assim, sem grande intensidade. "Ah, é legalzinho", "É bonzinho, sim", "Veja, vale a pena ver", "É bem feito". São poucos e seletos aqueles que eu digo que é um "puta filme", deste jeito. Apesar de não conseguir esmiuçar quais são os meus critérios, sei que gostei quando saio de uma sessão e quero falar sobre o filme - ou escrever, como é o caso aqui. Nem sei direito o que comentar, mas fico tomada por uma sensação de que o mundo ganha com o filme. Na minha leitura, claro.

Assisti a Incêndios e saí do filme transbordando de emoção. Filme franco-canadense, bastante pesado, de roteiro surpreendente.

Na leitura do testamento de sua mãe, os gêmeos Simon (Maxim Gaudette) e Jeanne (Mélissa Désormeaux-Poulin) descobrem que têm um irmão e que o pai, que os dois achavam que havia falecido, estava vivo. Dentre muitos pedidos, a maioria um pouco desconfortáveis, o último e mais importante: encontrar os dois e entregar-lhes duas cartas.

Não dá para contar muito do filme, só posso dizer que retrata o amor maternal na sua forma mais pura e visceral, caminhando lado a lado com o ódio. Uma história cuja essência é um paradoxo de sentimentos.

terça-feira, 1 de março de 2011

Vaga rosa

Adivinhe onde fica esta vaga para carro de gestante? Dica: shopping de São Paulo que entrará no circuito CineMaterna em breve...


Não é o máximo? Queremos reivindicar várias vagas rosas para as mães do CineMaterna... Será que eles topam?