segunda-feira, 13 de abril de 2009

A lua no Rio

As sessões regulares do Rio começaram! Teve gente que veio na semana anterior no lançamento, teve gente estreando. Teve imprensa, pipoca, mães, pais, bebês, café e... bolo de laranja! O bolo do café do Arteplex é muito conhecido e, claro, delicioso!

Chegando em casa, recebi um e-mail da Alexandra, uma das coordenadoras que estava na sessão (além da Ruth e eu):

Tivemos um super presente no final - Irene já tinha partido e estávamos caminhando para o ponto de ônibus quando, de frente para a enseada, Ruth se deparou com uma gigantesca bola amarela surgindo entre o Pão de Açúcar e um morro com mata - era a Lua Cheia. Estava incrivelmente bem localizada, dava uma superfoto. Pensamos se Irene pudesse ter visto essa Lua conosco. Sentamos para contemplar um pouco e trocar idéia sobre nossos filhos queridos, sobre a nossa CineMaterna, sobre a mulher que nos tornamos depois de "parirmos". E eu? Saí da CineMaterna "zureta", com uma sensação psicodélica. Ainda bem que Ruth estava comigo, assim eu consegui achar o rumo de casa, rs!


Sem saber, estávamos sim, conectadas. Eis a minha resposta:

Fiquei arrepiada ao ler a história da lua. Sim, eu vi, é uma lua que só tem no Rio, enorme, amarela, bem baixinha, do lado do Pão de Açúcar. Eu cheguei a pegar a minha máquina mas não deu tempo de fotografar...

Ficou gravado na memória.

Um comentário: