quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Coincidências

A CineMaterna é repleta de histórias de coincidências. Eis algumas que me lembro (por acaso, uma com cada pessoa da equipe)

1) A Taís tinha nos contado como foi seu primeiro encontro com seu marido - esta, já uma história de coincidência. Ele ligou para ela no celular, insistindo para que eles saíssem, ela sem muita convicção. Ela pensou: "preciso de um sinal". Ele perguntou onde ela estava, ela descreveu a rua e disse que estava em frente ao prédio comercial XYZ... que ficava exatamente em frente ao prédio onde ele morava. Claro que eles se encontraram, namoraram, casaram e nasceu a Aninha! Pois nossa primeira reunião com um potencial patrocinador não foi exatamente no prédio XYZ, na semana em que a Taís nos contou esta história?

2) Semana passada estávamos fazendo um planejamento para o ano que vem. Comentamos como seria interessante anunciar no jornal M, que deu muito retorno quando nele saiu uma matéria sobre nós. Quando vimos a tabela de preços, constatamos que é bem salgada, não sabíamos se seria possível. No final de semana, Alexandra me liga dizendo que encontrou com a pessoa de quem comprou o carro, que ela mudou de emprego e agora trabalha no marketing... do jornal M! Que existe uma tabela especial para ONG's, mas que ela tem interesse em conversar para um eventual apoio do jornal!

3) Ontem minha cachorra, Nara, escapuliu. Moro no 16o, o zelador a encontrou no 6o andar. Enquanto estava esperando uma pessoa que foi pegá-la, tocou o telefone, era a Ana Lúcia dizendo: "A Nara disse que está tudo certo na reserva do nosso espaço no café hoje à tarde". Hã? Como assim, a Nara disse? Nara era o nome da pessoa com quem a Ana conversou no café. Detalhe: nós sempre conversamos com uma Aline, nunca teve Nara antes. Até eu entender do que ela estava falando...

Alexandra, Irene, Taís e Ana Lúcia, com os respectivos pequenos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário